Affordable Access

A volta do filho pródigo: um entendimento sobre a teoria da Psicologia Analítica

Authors
  • Ramos, Lila de Fátima de Carvalho
  • Tommasi, Sônia Maria Bufarah
Publication Date
Apr 30, 2020
Source
Semina: Ciências Sociais e Humanas
Keywords
Language
Portuguese
License
Green
External links

Abstract

Este estudo tem por objetivo identificar alguns conceitos básicos da Psicologia Analítica na pintura de Rembrandt, inspirada na parábola “O filho pródigo”, retirada da Bíblia – Evangelho de Lucas, capítulo XV, versículos 1-32. Consideraram-se os preceitos da Psicologia Analítica sobre individuação, consciente, inconsciente pessoal, coletivo, anima, animus, self, persona, símbolos, complexos, complexo paterno, processo de individuação, arquétipos e sua correlação com a expressão artística religiosa. A metodologia consistiu em uma revisão bibliográfica nos sites do portal CAPES e Scielo dos últimos cinco anos, artigos, livros da abordagem da psicologia analítica. Em síntese, ficou reiterado que há contribuição das artes no processo da Psicologia Analítica, pois tanto a Parábola do Filho Pródigo quanto a pintura de Rembrandt ilustram a codificação simbólica no processo de individuação do homem. Desse modo, compreendeu-se que o ser humano é um conjunto em transição contínua, em processo de aprimoramento incessante sob todos os aspectos considerados (filosóficos, sociológicos, espirituais, éticos, morais). Assim, nesse processo ininterrupto de transformação, surgem complexidades nas quais alguns conflitos desaparecem e outros permanecem na sua história antropológica, ancestral, como perspectivas de apreensão, conquistas que devem ser logradas.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times