Affordable Access

Sobrevivencia de linhagens de Trichoderma resistentes a iprodione em morangueiro.

Authors
  • VITTI, A. J.
  • GHINI, R.
Publication Date
Jan 01, 1990
Source
Repository Open Access to Scientific Information from Embrapa
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Para se avaliar a sobrevivencia de linhagens de Trichoderma resistentes a iprodione na parte aerea do morangueiro e testar diferentes metodos de recuperacao de esporos inoculados, plantas foram pulverizadas com suspensoes de conidios (10 7/ml), em 3 experimentos. As suspensoes em conidios foram feitas em solucao aquosa de sacarose 1% e agua destilada, no primeiro ensaio; iprodione (75ppm) e agua destilada, no segundo; e solucao de sacarose 1% no terceiro. Semanalmente, foram retirados discos de folhas e colocados em plantas com meio seletivo (BDA + 500 ppm) iprodione + 500 ppm tetraciclina + 250 ppm propionato de sodio) no primeiro experimento. Os discos foram colocados em solucao tampao fosfato e agitados a 150 rpm por 15 min., no segundo ensaio, e agitados a150 rpm por 15 e 30 min., ou em ultrasom por 5 e 10 min., no terceiro. Aliquotas das suspensoes obtidas foram transferidas para placas com meio seletivo e avaliou-se o numero de colonias. Dos metodos testados, a agitacao em ultrasom liberou ate 12 vezes mais esporos que a agitacao a 150 rpm. Nao houve diferenca entre diferentes tempos de agitacao. Aos 30 dias apos a pulverizacao, o numero de esporos recuperados da parte aerea foi de 575 conidios/disco de 4mm de diametro (pelo metodo de ultrasom).

Report this publication

Statistics

Seen <100 times