Affordable Access

Produtividade de ovelhas localmente adaptadas do nascimento ao desmame.

Authors
  • PEREIRA, A. H. R.
Publication Date
Jan 01, 2019
Source
Repository Open Access to Scientific Information from Embrapa
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Resumo: A eficiência produtiva das fêmeas ovinas é um importante indicador de produtividade. Esta pode ser mensurada pela quantidade de cordeiros que as fêmeas produzem a cada estação reprodutiva. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência produtiva de ovelhas da raça Morada Nova ao verificar o efeito da prolificidade sobre os pesos totais de crias ao nascimento e desmama por matriz e as taxas de sobrevivência das crias nestes mesmos períodos. Os dados utilizados neste estudo foram coletados em 13 rebanhos de ovinos da raça Morada Nova, localizados em diferentes municípios do estado do Ceará, entre os anos de 2004 e 2018. As características estudadas foram peso totais ao nasciment (PTCN) e desmama (PTCD), e taxas de sobrevivência ao nascimento (TXN) e desmama (TXD). Os pesos foram ajustados segundo os efeitos de rebanho, ano de nascimento, mês da pesagem, manejo da cria, ordem de parto da mãe, sexo da cria e classe de grupo de crias no mesmo parto ou interação do sexo das crias com o tipo de parto e utilizado o peso da matriz como covariável. Posteriormente, análises de regressão considerando: o tipo de parto como classe, e o tipo de parto como covariável. Houve diferença entre as médias para todas as características estudadas em relação ao tipo de parto. As fêmeas que apresentaram partos simples mostraram menores valores para as características PTCN e PTCD e maiores valores para as caratecrísticas de TXN e TXD. O uso do número de crias ao parto como covariável permitiu observar que com o aumento de uma cria por parto há um aumento 0,93 kg de cordeiros ao nascimento e 2,49 kg ao desmame, contudo, há uma redução de 6% na taxa de sobrevivência ao nascer e 17% ao desmame dos cordeiros. As fêmeas que tiveram partos múltiplos se mostraram mais eficientes em termos de produtividade, quando comparadas às fêmeas de partos simples, por produzir maior quantidade de quilogramas de cordeiro ao desmame. Abstract: The productive production of mothers is an important indicator of productivity. This can be measured by the number of lambs that are part of a reproductive seal. The present test was to evaluate and produce the ewes of the breed and the effect of the prolificity on the weights of the breeding and the development of the matrix and the growth rates of the creatures in the same fields. The data were only in the herds of sheep on skating Morada Nova, in town states for the state of Ceará, between years and 2004 and 2018. survival at birth (TXN) and weaning (TXD). Weights were created by herd, year of birth, month of weigh, month of weighing, brood management, mother's lambing, lamb sex and lamb group class in the same lambing or sex interaction of lambs. with the type of birth and used the weight of the ewes as a covariate. Subsequently, regression analyzes considering: type of delivery as class and type of delivery as covariate. The difference between the means for all characteristics studied in relation to the type of birth. The ones that are most important for the smallest PTCN and PTCD and highest values for the characteristics of TXN and TXD. The use of the number of lambing covariates can be observed with an increasing amount of growth of 0.93 kg of lambs at birth and 2.49 kg at weaning, but there is a 6% reduction in the rate. survival at birth and 17% weaning of lambs. The most frequent materials are lower in terms of productivity when compared to parts of a single because they produce more kilograms of lamb at weaning. / bitstream/item/208098/1/CNPC-2019-UPA-12.pdf / Dissertação (Mestrado em Zootecnia. Área de concentração: Nutrição Animal) - Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral. Orientadora: Aline Vieira Landim; Coorientador: Kleibe de Moraes Silva (CNPC).

Report this publication

Statistics

Seen <100 times