Affordable Access

Perspectivas patrimoniais : natureza e cultura em foco

Authors
  • Stoll, Emilie
Publication Date
Jan 01, 2018
Source
Horizon / Pleins textes
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Esse capítulo analisa a performance da Brincadeira dos Pretos na aldeia indígena Garimpo (rio Arapiuns, Santarém - Pará), levando em conta tanto o contexto local de reivindicação do reconhecimento étnico deste grupo, como o cenário regional mais amplo, de patrimonialização das 'brincadeiras' realizadas durante festas católicas em toda a Amazônia brasileira. O argumento desenvolvido aqui é que essas manifestações lúdicas encenam, muitas vezes sob a forma de um duelo entre dois grupos de atores, a ecologia das relações entre os vários coletivos sociais que interagem com o grupo organizador. Essas dinâmicas sociológicas permitem uma certa plasticidade na interpretação das brincadeiras e de sua patrimonialização: elas podem ser vistas e apresentadas como um ritual indígena, como um 'folclore' amazônico e também, em contextos mais politizados, como uma forma de resistência à determinadas frentes opressoras. Afinal, pode-se dizer que a valorização simultânea - e concorrente - de diferentes leituras ou versões dessas brincadeiras, favorece uma certa polissemia, pelo menos enquanto nenhuma versão venha a se tornar hegemônica.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times