Affordable Access

Access to the full text

Paulo Egídio e a sociologia criminal em São Paulo

Authors
  • Salla, Fernando
  • Alvarez, Marcos César
Publication Date
May 01, 2000
Identifiers
DOI: 10.1590/S0103-20702000000100006
OAI: oai:acervodigital.unesp.br:11449/10833
Source
Acervo Digital da Unesp
Keywords
Language
Portuguese
License
Green

Abstract

Este artigo discute a trajetória intelectual e política de Paulo Egídio. Autor praticamente esquecido pelos trabalhos que reconstituem a história do pensamento social no Brasil, Paulo Egídio foi um importante divulgador da sociologia entre o final do século XIX e o início do século XX em São Paulo, tendo produzido uma obra pioneira sobre Durkheim e desenvolvido cursos livres da disciplina. O artigo busca também apresentar alguns aspectos de sua atividade política como senador nos primeiros momentos da República, quando teve destacada participação no debate sobre a criação de uma rede de instituições de controle social e, em particular, sobre a construção de uma nova penitenciária para o estado de São Paulo. / This paper analyses Paulo Egídios intellectual and political trajectory. Although his work is hardly ever mentioned in the works on the history of social thought in Brazil, it was crucial for sociology at the end of the 19th and the beginning of the 20th century, in São Paulo. He produced a pioneer work on Durkheim and developed free sociology courses. This article also includes some aspects of his political career as senator at the dawn of the Republic, when he took active part in the debate on the creation of a network of social control institutions and, especially, on the building of a new penitentiary for the state of São Paulo.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times