Affordable Access

Micorrizas arbusculares como indicador biológico para seleção de Modelos de agroecossistemas Multifuncionais: 2. Frutícola.

Authors
  • PEREIRA, V. de S.
  • GIONGO, V.
  • LIMA, R. L. F. A.
Publication Date
Sep 17, 2021
Source
Repository Open Access to Scientific Information from Embrapa
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) estão presentes em agroecossistemas associados às plantas cultivadas, como fruteiras arbóreas. Eles atuam aumentando a absorção de água e nutrientes, contudo as práticas agrícolas adotadas afetam a associação micorrízica. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do uso de misturas de plantas para adubação verde, aplicadas com ou sem revolvimento do solo, sobre as micorrizas arbusculares em um pomar de mangueiras no semiárido brasileiro. O pomar de mangueiras consistia em experimento de campo, de longa duração, montado com parcelas subdivididas, em blocos casualizados com quatro repetições. As parcelas foram constituídas por dois sistemas de manejo (com e sem revolvimento do solo), e as subparcelas com três tipos de adubo verde: coquetel vegetal - CV1 (75% leguminosas +25% não-leguminosas); coquetel vegetal 2 - CV2 (25% leguminosas+ 75% não-leguminosas) e vegetação espontânea. Amostras de solo e raízes foram avaliadas para quantificação da densidade de esporos de FMA nativos e a colonização micorrízica de mangueiras nos estádios vegetativo, floração e frutificação. A colonização micorrízica das mangueiras foi semelhante entre os sistemas manejos e as misturas de plantas para adubação, dentro de cada estádio fenológico (p < 0,05). A colonização micorrízica total e vesicular foi maior no estádio de frutificação e se correlacionou negativamente com o teor de fósforo. A densidade de esporos de FMA no solo diminuiu durante o estádio de frutificação, e no sistema de manejo com revolvimento do solo.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times