Affordable Access

A inter-relação entre transtornos mentais comuns, gênero e velhice: uma reflexão teórica

Authors
  • Medeiros, Luciana Fernandes de
Publication Date
Dec 01, 2019
Source
Scientific Electronic Library Online - Brazil
Keywords
Language
Portuguese
License
Green
External links

Abstract

Resumo Introdução Um dos problemas mais significativos de saúde pública na atualidade é a prevalência de transtornos mentais comuns (TMC) e o uso excessivo de medicamentos psicotrópicos. As mulheres são as que mais sofrem com os TMC e fazem uso de antidepressivos e ansiolíticos. Objetivo Desenvolver uma reflexão teórica sobre as inter-relações entre TMC, relações de gênero e velhice, bem como apontar algumas contribuições para a atenção primária à saúde mental. Método Foi realizada uma pesquisa de artigos no SciELO e Google Acadêmico. Dos 15 artigos encontrados, foram incluídos 13 sobre a temática e realizada uma análise crítica. Resultados Os TMC estão relacionados com as condições de vida e as iniquidades de gênero. Mulheres idosas, ao deixarem de desempenhar papéis sociais para os quais haviam se preparado e por muito tempo desempenharam, experimentam sintomas de TMC. Com a saída dos filhos de casa e as limitações físicas decorrentes do processo de envelhecer, muitas delas se encontram sem outros projetos de vida. Isso contribui para o agravamento dos sintomas. Conclusão A atenção primária à saúde precisa incluir discussões sobre velhice e gênero, além de incrementar ações de promoção em saúde mental em suas atividades cotidianas.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times