Affordable Access

Interpelação e controle: narrativas de policiais militares do oeste de Santa Catarina

Authors
  • Knabben, Rafael de Medeiros
Publication Date
Jan 01, 2018
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
Language
Portuguese
License
Unknown
External links

Abstract

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2018. / As narrativas são elementos centrais para a atuação policial. Através de modos próprios de narrativização das suas experiências em serviço, os policiais articulam e organizam os eventos em que se envolvem e os fazem ressoar, por exemplo, com o sistema jurídico, pautas políticas e expectativas sociais. Esta tese é uma pesquisa etnográfica feita com policiais militares do oeste de Santa Catarina. Discute-se aqui o caráter interpelativo e performativo da atuação policial, e os seus efeitos na ordem dos processos de subjetivação dos envolvidos nas interações sociais da polícia em especial, os policiais, os seus interlocutores e o público. A partir das falas dos policiais militares catarinenses, aborda-se a relação entre a atividade da policial e ordem social através do caráter performativo da atuação policial, que, na sua ação, distribui uma série de sujeitos e os enquadra seja em relação à polícia, como os situa numa ordem interacional mais ampla. De maneira especial, discute-se as performances de autoridade policial e a sua dinâmica de controle e de produção de consentimento, e os processos de legitimação que engendram sujeitos do reconhecimento da autoridade policial (seja para consenti-la como para resisiti-la). / Abstract : Narratives are an important part of police action. Police officers have their own manners of narrativizing their experiences at work. Through their narratives, they articulate and organize the events that they get involved in and make them resonate with the legal system, political agendas and social expectations. This thesis is based on an ethnographic research with military police officers from the western region of the state of Santa Catarina, Brazil. It discusses the interpellative and performative character of police action, and its effect on the subjective processes involved in police social interactions especially those related to the police officers, their interlocutors and the wider public. Through the catarinense military police officers narratives, this thesis approaches the relation between police work and social order in which subjects are framed by the police actions and simultaneosly are situated in a broader social interactional order. It also discusses performances of police authority and their control dynamics, and the processes of legitimation that constitute subjects of police authority (either to accept it or to resist it).

Report this publication

Statistics

Seen <100 times