Affordable Access

Influência das condições de cultura sobre a produção de hemolisinas secretadas por Paracoccidioides brasiliensis e P. lutzii

Authors
  • Santos, Fernando Cesar dos
  • Souza, Fernanda
  • Ono, Mario Augusto
  • Itano, Eiko Nakagawa
Publication Date
Aug 13, 2019
Source
Biosaúde
Keywords
Language
Portuguese
License
Green
External links

Abstract

A paracoccidioidomicose (PCM) é uma micose sistêmica endêmica na América Latina e é causada pelos fungos termodimórficos Paracoccidioides brasiliensis e P. lutzii. Várias espécies fúngicas conseguem produzir hemolisinas, exotoxinas capazes de desestruturar a membrana de células e eritrócitos, mecanismo que permite a aquisição do íon ferro, necessário para vias metabólicas. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do tempo e tipo de meio de cultivo na produção de hemolisinas por Paracoccidioides brasiliensis e P. lutzii. CFAs (antígeno livre de células) obtidos dos meios Ágar Saboraud e Ágar Saboraud-BHI e exoantígenos obtidos dos meios RPMI e caldo BHI, ambos obtidos  em intervalos de 3 dias em um período de 30 dias, apresentaram diferentes perfis hemolíticos e P. brasiliensis apresentou maior atividade hemolítica que P. lutzii. Mais estudos são necessários para melhor caracterização destes fatores de virulência.    

Report this publication

Statistics

Seen <100 times