Affordable Access

EFEITOS DA INCLUSÃO OU NÃO DA COVARIÂNCIA GENÉTICA DIRETA-MATERNAL NO MODELO E DOS VALORES REAIS DAS (CO)VARIÂNCIAS SOBRE SUAS ESTIMATIVAS PARA PESO À DESMAMA EM BOVINOS DE CORTE

Authors
Publisher
UFG - Centro Editorial e Gráfico
Publication Date
Keywords
  • Animal Production
  • Breeding
  • Zootecnia
  • Genética E Melhoramento Animal.
  • Bovinos
  • Simulação
  • Correlação Genética Direta-Maternal
  • Estimativas De (Co)Variâncias.

Abstract

Objetivou-se estimar e comparar componentes de (co)variâncias para peso a desmama em bovinos, considerando-se os efeitos da correlação genética direta-maternal (-0,50; -0,25; +0,25; +0,50), da razão entre as variâncias genéticas direta e maternal (75:75; 50:100; 100:50), e da inclusão (M2) ou não (M1) no modelo da covariância genética direta-maternal. Foi realizada simulação estocástica de 20 réplicas de um rebanho fechado, em acasalamento aleatório, durante 20 anos de seleção, com animais base não aparentados, não selecionados e amostrados aleatoriamente. As estimativas de (co)variâncias foram obtidas sob modelo animal unicarácter, usando o aplicativo MTDFREML. Os cenários simulados foram constituídos pelas combinações dos níveis dos três efeitos estudados. O modelo influenciou significativamente (p<0,05) as estimativas de variâncias genéticas direta, maternal e residual, não sendo significativo sobre a variância de ambiente permanente maternal. O valor da correlação genética direta-maternal influenciou significativamente (p<0,05) todas as (co)variâncias, e a razão de variâncias exerceu efeito significativo (p<0,05) apenas sobre as estimativas de variâncias genéticas direta e maternal. Quando a correlação genética direta-maternal foi negativa o M1 subestimou as variâncias direta e maternal, e quando positiva superestimou as mesmas. Estimativas confiáveis e acuradas das (co)variâncias para peso a desmama em bovinos de corte são dependentes da adequação do modelo, bem como dos valores reais das (co)variâncias sendo estimadas.PALAVRAS-CHAVE: bovinos; simulação; correlação genética direta-maternal; estimativas de (co)variâncias.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.