Affordable Access

Estratégias de gestão de carga de trabalho de condutores de uma linha de produção em indústria automotiva

Authors
Publication Date
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Esta tese, caracterizada como estudo de caso, objetivou evidenciar e compreender as estratégias de gestão da carga de trabalho dos condutores de uma linha de produção automatizada na indústria automotiva de forma a evitar a sobrecarga. Densidade do trabalho, pressão de tempo, vigilância constante, solicitação intensa da memória, entre outras exigências do trabalho automatizado, e os possíveis impactos negativos sobre a saúde e o bem-estar desses trabalhadores justificam a relevância deste estudo. Três condutores de uma mesma linha de produção automatizada no setor estamparia participaram desta pesquisa. O trabalho de campo se deu de acordo com o método da Análise Ergonômica do Trabalho (AET) centrada na análise da atividade. A abordagem qualitativa, mediante a análise temática das falas dos condutores provenientes da das verbalizações consecutivas e da autoconfrontação do trabalhador com o seu próprio filme, complementada pelos dados das observações, permitiu a compreensão contextualizada da situação de trabalho do condutor de linha automatizada na indústria automotiva em questão. Observou-se a existência de diversos fatores de carga vivenciados como um fenômeno perturbador no curso da atividade do condutor, os quais estão estreitamente relacionados a três aspectos em especial: os aspectos organizacionais, a dimensão coletiva da atividade e o desenvolvimento das competências. A experiência do trabalhador é fundamental no desenvolvimento de suas competências, embora a aprendizagem formal mediante curso teórico durante o período de capacitação tenha sido enfatizada como importante por esses trabalhadores. O auxílio mútuo, estratégia coletiva utilizada para gerir a sobrecarga temporal, a qual todos estão expostos, também mereceu destaque

Statistics

Seen <100 times