Affordable Access

Estratégias de gestão de carga de trabalho de condutores de uma linha de produção em indústria automotiva

Authors
  • Teixeira, Eliana Remor
Publication Date
Jan 01, 2012
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Esta tese, caracterizada como estudo de caso, objetivou evidenciar e compreender as estratégias de gestão da carga de trabalho dos condutores de uma linha de produção automatizada na indústria automotiva de forma a evitar a sobrecarga. Densidade do trabalho, pressão de tempo, vigilância constante, solicitação intensa da memória, entre outras exigências do trabalho automatizado, e os possíveis impactos negativos sobre a saúde e o bem-estar desses trabalhadores justificam a relevância deste estudo. Três condutores de uma mesma linha de produção automatizada no setor estamparia participaram desta pesquisa. O trabalho de campo se deu de acordo com o método da Análise Ergonômica do Trabalho (AET) centrada na análise da atividade. A abordagem qualitativa, mediante a análise temática das falas dos condutores provenientes da das verbalizações consecutivas e da autoconfrontação do trabalhador com o seu próprio filme, complementada pelos dados das observações, permitiu a compreensão contextualizada da situação de trabalho do condutor de linha automatizada na indústria automotiva em questão. Observou-se a existência de diversos fatores de carga vivenciados como um fenômeno perturbador no curso da atividade do condutor, os quais estão estreitamente relacionados a três aspectos em especial: os aspectos organizacionais, a dimensão coletiva da atividade e o desenvolvimento das competências. A experiência do trabalhador é fundamental no desenvolvimento de suas competências, embora a aprendizagem formal mediante curso teórico durante o período de capacitação tenha sido enfatizada como importante por esses trabalhadores. O auxílio mútuo, estratégia coletiva utilizada para gerir a sobrecarga temporal, a qual todos estão expostos, também mereceu destaque

Report this publication

Statistics

Seen <100 times