Governança no terceiro setor: estudo sobre uma organização francesa do século XIX [doi: 10.5329/RECADM.20111001003]

Affordable Access

Governança no terceiro setor: estudo sobre uma organização francesa do século XIX [doi: 10.5329/RECADM.20111001003]

Authors
Publisher
Revista Eletrônica de Ciência Administrativa - RECADM

Abstract

RESUMOA elaboração deste trabalho foi motivada pela possibilidade de identificação, na estrutura organizacional de entidades do passado, das práticas e mecanismos de governança atualmente recomendados. O objetivo deste estudo exploratório foi identificar os principais elementos de governança de uma organização do Terceiro Setor do século XIX e compará-los com os atuais elementos relacionados às melhores práticas. Como base comparativa, adotou-se um conjunto de 24 itens de governança recomendados pelo IBGC, adaptados às organizações sem fins lucrativos. Pretendeu-se verificar a conformidade e a atualidade da estrutura de governança da Société Parisienne des Études Spirites - SPEE, a qual foi selecionada por sua relevância histórica e cultural, pois serviu de modelo para a criação de milhares de organizações religiosas semelhantes em todo o mundo. Efetuou-se uma pesquisa bibliográfica sobre os principais aspectos do projeto elaborado em 1868, por Allan Kardec, para a implantação de um conselho administrativo e para o desenvolvimento operacional da SPEE. Analisou-se a presença ou ausência das práticas de governança listadas pelo IBGC. A investigação apontou que 50% dos modernos elementos de governança estavam integralmente contidos na proposta organizacional da SPEE, 25% estavam parcialmente presentes e os demais 25% estavam ausentes, sinalizando a importância com que essas práticas foram tratadas.Palavras-ChaveGovernança; melhores práticas; Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.ABSTRACTThe preparation of this work was motivated by the possibility of identification of currently recommended practices and mechanisms of governance in the organizational structure of historical entities. The objective of this exploratory study was to identify the key elements of governance of an organization of the Third Sector established in the nineteenth century and compare them with current elements relating to best practice. As a comparative basis, a set of 24 items recommended by IBGC governance tailored to nonprofit organizations were adopted in the paper. It was intended to verify compliance and timeliness of the governance structure of the Société Parisienne des Etudes Spirites - SPEE, which was selected for its cultural and historical relevance, since it served as model for the establishment of thousands of similar religious organizations around the world. We conducted a literature search on the main aspects of the project prepared in 1868 by Allan Kardec, for the deployment of an board of directors and the operational development of the SPEE. We analyzed the presence or absence of governance practices listed by IBGC. This research found that 50% of the modern elements of governance were fully contained in the organizational proposed to SPEE, 25% were partially present and the remaining 25% were absent, indicating the importance with which these practices were addressed.KeywordsGovernance; best practices; Parisian Society for Spiritist Studies.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.