Affordable Access

Eficiência e produtividade total dos fatores em Minas Gerais

Authors

Abstract

Este trabalho estuda a eficiência produtiva do estado de Minas Gerais, analisando aevolução e a situação comparativa de sua produtividade total dos fatores (PTF). Mostramosque o estado seguiu a tendência geral do país de queda da PTF e que para qualquer uma dasmedidas que construímos, a PTF no estado é inferior a dos estados do Sul e é superior a dosestados do Nordeste, o que o coloca como um estado de fronteira em termos de eficiência.Nossa evidência é que a baixa produtividade por trabalhador é a principal causa do atraso.Um trabalhador médio de SP ou RJ produz mais que 60% que aquele de MG. Em umasimulação mostramos que o produto do estado seria 41% maior se ele fosse tão eficientequanto São Paulo, mas somente 9% mais rico se possuísse o mesmo nível de capital portrabalhador. Isto é, a diferença de insumos, embora relevante, não é gritante. Possíveiscausas seriam a baixa produtividade agrícola, a elevada informalidade, má infra-estrutura emenor educação.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.