Affordable Access

FREQUENCIA DE ANIMAIS SORORREAGENTES PARA Leptospira interrogans SOROVAR Copenhageni

Authors
Publisher
Universidade Federal de Uberlandia
Publication Date

Abstract

Leptospirose é uma doença ocasionada pelas bactérias do gênero Leptospira com distribuição mundial, que acomete os animais e humanos e se destaca por causar problemas de ordem econômica e de saúde pública. É caracterizada por ser uma enfermidade de caráter populacional e ambiental, seu controle está intimamente ligado a medidas de prevenção, aplicadas aos animais e ao ambiente no qual os mesmos são mantidos. Leptospira interrogans sorovar Copenhageni é o principal agente etiológico da doença em humanos, nas Regiões Sudeste e Nordeste do Brasil, sendo ainda escassas as informações nas demais regiões do país. Entre os animais domésticos, em ambiente urbano, os cães são principal fonte de infecção para o homem, pois vivem em contato direto com as pessoas e podem eliminar leptospiras vivas na urina durante meses, mesmo sem apresentar sinais clínicos. A prevalência de sororreagentes em populações caninas no Brasil varia entre 13,1 e 27,3%. Visto a importância dessa enfermidade como zoonose, o objetivo desse trabalho foi realizar um estudo sorológico para a ocorrência de animais reagentes para o sorovar Copenhageni em 12 meses no Laboratório de Doenças infecto- contagiosas da FAMEV- UFU. Em 236 testes de SAM realizados em 12 meses, 15 animais reagiram para o sorovar Copenhageni, sendo ele de importância significativa já que foi detectado em sua maioria em cães (18%).

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.