Affordable Access

Desenvolvimento embrionário, rendimento da incubação e desempenho inicial de Marrecos-de-Pequim (Anas boschas)

Authors
Publication Date
Source
Repositório Digital Institucional da UFPR
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Resumo: A criação de aves exóticas no Brasil (patos e marrecos) cresce a cada ano, no entanto as informações sobre padrões de incubação, desenvolvimento embrionário e desempenho inicial dos marrecos são escassas. Assim, este trabalho teve por objetivo avaliar a influência do tempo de armazenamento e peso dos ovos sobre a incubação e produção de Marrecos-de-Pequim (A. boschas), assim como descrever o desenvolvimento embrionário destas aves. No primeiro experimento, foram utilizados 54 ovos para a avaliação do desenvolvimento embrionário dos marrecos e posterior comparação com outras espécies. Foi constatado que os embriões de marreco, peru e frango apresentaram morfologia similar e não foram encontradas diferenças significativas (P>0,05) na velocidade de desenvolvimento embrionário. No segundo experimento, foi avaliado o efeito do tempo de armazenamento sobre a característica interna dos ovos, rendimento da incubação e janela de nascimento de ovos de Marrecos-de-Pequim. Foram utilizados 1302 ovos armazenados de 1-14 dias divididos em 7 tratamentos de dois dias cada. Pelos resultados obtidos, recomenda-se que os ovos de Marrecos-de-Pequim sejam armazenados até 7 dias para melhor desempenho. O terceiro experimento foi dividido em duas etapas e foi avaliado o efeito de quatro categorias de peso dos ovos. Para tanto foram utilizados 868 ovos e 280 marrequinhos e avaliado as características físicas dos ovos, o rendimento da incubação e o desempenho inicial das aves, concluindo que o peso dos ovos possui forte influência sobre as variáveis analisadas.

Statistics

Seen <100 times