Affordable Access

Depleção de células intersticiais de Cajal no megacólon chagásico: a caminho do tratamento cirúrgico individualizado?

Authors
  • ARAUJO, Sergio Eduardo Alonso
  • DUMARCO, Rodrigo Blanco
  • RAWET, Viviane
  • SEID, Victor Edmond
  • BOCCHINI, Sylvio Figueiredo
  • NAHAS, Sergio Carlos
Publication Date
Jan 01, 2010
Source
Biblioteca Digital da Produção Intelectual da Universidade de São Paulo (BDPI/USP)
Keywords
Language
English
License
Unknown
External links

Abstract

RACIONAL: A fisiopatologia da constipação intestinal nos pacientes portadores de megacólon chagásico permanece parcialmente esclarecida. Recentemente demontrou-se que nesses pacientes, o contingente de células intersticiais de Cajal está reduzido assim como ocorre em outros distúrbios funcionais gastrointestinais. OBJETIVO: Avaliar a densidade de células intersticiais de Cajal no intestino ressecado de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico eletivo de megacólon chagásico em comparação com a observada no cólon de pacientes controles, e verificar possível associação entre o grau de constipação intestinal de pacientes com megacólon chagásico no pré e no pós-operatório e o grau de despopulação de células de Cajal. MÉTODO: Dezesseis pacientes com megacólon chagásico foram operados. A avaliação da função intestinal através do escore de constipação da Cleveland Clinic foi registrada antes e após a operação. O espécime cirúrgico foi examinado e as células de Cajal foram identificadas pela técnica imunoistoquímica empregando o anticorpo anti-CD117 (c-kit). O número médio de células de Cajal nos megacólons foi comparado com o de cólons ressecados de 16 pacientes [7 mulheres; média de idade de 62,8 (23-84)] operados de câncer não-obstrutivo do sigmóide. A associação entre o escore de constipação no pré e no pós-operatório e a contagem de células de Cajal foi medida através do coeficente de correlação de Pearson (r). RESULTADOS: Redução significativa no número de células de Cajal (células por campo de 400X: 2,84 (0-6,6) vs. 9,68 (4,3-13) - ] foi observada nos megacólons quando comparados ao espécime de pacientes operados por câncer. Não foi observada associação entre o escore de constipação pré (r=-0.205; p=0.45) ou pós-operatório (r=0,291; p=0.28) a a contagem de células de Cajal para os pacientes com megacólon. CONCLUSÕES: Pacientes com megacólon chagásico exibem acentuada redução no número de células intersticiais de Cajal no intestino grosso. Não se pôde demonstrar associação entre grau de constipação e a intensidade da despopulação de células de Cajal no presente estudo.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times