Affordable Access

"De pedra e pau": etnografia do levante popular de junho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro e suas continuidades

Authors
  • Monteiro, Marina
Publication Date
Jan 01, 2018
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
Language
Portuguese
License
Unknown
External links

Abstract

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Florianópolis, 2018. / Esta tese é resultado de uma pesquisa etnográfica realizada de 2014 a 2017 com pessoas e movimentos sociais na cidade do Rio de Janeiro, RJ, e tem como foco os impactos e reverberações de uma série de manifestações que ocorreram no Brasil a partir de junho de 2013 e que ficaram conhecidas como Levante Popular de junho ou Jornadas de Junho. Parto da ideia de que as manifestações que aconteceram não foram um fenômeno homogêneo e simples de entender, mas uma série de eventos complexos que envolveram pessoas e movimentos sociais por diferentes motivos, por vezes contraditórios entre si. Minha temática de pesquisa, no entanto, não se refere a esse todo, mas aos significados e experiências de pessoas que não se consideram representadas pela política eleitoral partidária e preferem atuar através do que definem como outras formas de fazer política. Nesse sentido, retomo as narrativas desses sujeitos e analiso como as formas de pensar e agir politicamente que se destacaram nessas mobilizações podem ser compreendidas em relação a uma conjuntura mais global na qual se inserem, mas sem perder de vista as suas particularidades. / Abstract : This thesis is the result of a ethnographic research conducted between 2014 and 2017 with people and social movements in the city of Rio de Janeiro, RJ, and focuses on the impacts and reverberations of a serie of demonstrations that occurred in Brazil from June 2013 and which became known as the Levante Popular de junho or Jornadas de Junho. I start from the idea that the demonstrations that took place were not a homogeneous phenomenon and simple to understand, but a serie of complex events that involved different people and social movements and for different reasons, sometimes contradictory to each other. My research theme, however, does not refer to this whole, but to the meanings and experiences of people who do not consider themselves represented by any political party and prefer to act through other forms of politics. In this sense, I return to the narratives of these subjects and analyze how the political ways of thinking and acting that stand out in these manifestations can be understood through a more global context in which they are inserted but without losing sight of their particularities.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times