Affordable Access

CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS NO TEXTO: PISTAS LINGÜÍSTICAS X PISTAS CONTEXTUAIS E DISCURSIVAS

Authors
Publisher
Revista Letras
Publication Date
Keywords
  • Coerência
  • Leitura
  • Correção

Abstract

A coerência é entendida por Charolles (1983) como um princípio regulador da interpretação do discurso, uma vez que o interlocutor levanta hipóteses que lhe parecem razoáveis para representar as relações de sentido que ele imagina tenham sido propostas pelo produtor do texto. Isto é, o interlocutor sempre procura um sentido - compatível com a suposta intenção do produtor - para os textos frente aos quais se coloca. Em trabalho de 1989, o autor acrescenta que a coerência é também um princípio que governa a produção do discurso, uma vez que o produtor fornece todas as indicações relacionais relevantes para a apreensão do sentido de seu discurso. Isto é, ele maneja com eficiência os recursos lingüísticos oferecidos por sua língua, levando em conta seu plano de comunicação e sua representação das habilidades interpretativas do interlocutor. Neste trabalho, procuro observar tais aspectos da construção dos sentidos em contexto escolar, situação em que nem sempre o produtor alcança a eficácia proposta por Charolles. Procedo à análise da reestruturação de um texto produzido em sala de aula por um aluno de sexta série do ensino fundamental, na qual observo que o aluno não consegue identificar, na primeira versão de seu texto, as passagens que causam dificuldade à interpretação. Ao reestruturá-lo, os problemas relativos à coerência textual permanecem. Uma das conclusões que daí decorrem é a de que a escola não foi capaz de auxiliar o aluno na realização de uma avaliação adequada das estratégias de leitura do interlocutor.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.