Affordable Access

BEETHOVEN NA ESTAÇÃO JÚLIO PRESTES

Authors
Publisher
UNIOESTE
Publication Date

Abstract

Microsoft Word - BEETHOVEN NA ESTAÇÃO JÚLIO PRESTES.doc Travessias número 01 [email protected] Pesquisas em educação, cultura, linguagem e arte. Augusto Rodrigues. www.unioeste.br/travessias 1 BEETHOVEN NA ESTAÇÃO JÚLIO PRESTES BEETHOVEN ON JULIO PRESTES STATION Augusto Rodrigues1 Outro dia estava na fila na Sala São Paulo para comprar ingressos para a Nona Sinfonia de Beethoven. Eram nove horas da manhã. A bilheteria só abria às dez. O que ocorreu durante esse período de espera e logo depois marcaria aquele dia em minha memória. Os ingressos estavam sendo vendidos para o concerto que aconteceria dois meses depois, conforme a praxe da casa. Inclino a cabeça, estico o pescoço e conto as pessoas à minha frente: doze. Seis senhoras de idade avançada, dois senhores também um tanto idosos, um homem calvo de meia idade, um homem obeso que devia ter os seus cinqüenta anos, um adolescente sonolento e uma moça baixa. As seis senhoras conversavam alegremente entre si sobre casas de concerto na França e na Itália. Os dois senhores não se falavam – provavelmente não se conheciam. O homem calvo lia a Veja que tinha retirado de sua pasta de couro preta. O homem obeso lia um caderno da Folha de São Paulo que trazia debaixo do braço. O adolescente sonolento permanecia encostado na parede, perto da enorme porta preta, e estava com fones de fios brancos enterrados nos ouvidos – o que estaria ouvindo? A moça baixa olhava impaciente à sua volta e para as pessoas na fila. Apesar da diferença de idade, todos estavam muito bem vestidos. Era um belo dia: o sol iluminava o céu claro e já começava a esquentar. Embora o movimento na praça em frente à Sala fosse ainda baixo, alguns transeuntes passavam por nós a todo o momento. Alguns até cruzavam pela fila, ao invés de nos contornar e passar um pouco mais atrás. Um deles era um cego negro, muito pobre, que apalpava o chão com uma vareta, talvez ainda

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.