Affordable Access

Biomassa aérea, sistema radicular e produtividade do Cucumis melo L. cultivado em diferentes agroecossistemas multifuncionais.

Authors
  • COSTA, B. C.
  • YURI, J. E.
  • SALVIANO, A. M.
  • COELHO, V.
  • SANTANA, M.
  • GIONGO, V.
Publication Date
Nov 15, 2019
Source
Repository Open Access to Scientific Information from Embrapa
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a produção de biomassa aérea e do sistema radicular e a produtividade do meloeiro (Cucumis melo L.)irrigado cultivado em diferentes agroecossistemas multifuncionais no Semiári-do brasileiro. O estudo foi conduzido no Campo Experimental de Bebedouro, da Embrapa Semiárido, nos meses de setembro a dezembro de 2018. Foram avaliadas as produções de biomassa da parte aérea e do sistema radicular do meloeiro e a produtividade do melão. Os tratamentos foram dispostos em parcelas subdivididas, no delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições. As parcelas foram constituídas por dois tipos de mane-jo: sem revolvimento (SR) e com revolvimento do solo (CR), e as subparcelas por três tipos de misturas de plantas: MP1- 75% leguminosas + 25% gramíne-as e oleaginosas; MP2 - 25% leguminosas + 75% gramíneas e oleaginosas e MP3 - vegetação espontânea. O manejo CR proporcionou maior produção de biomassa aérea do meloeiro. Entre as misturas de plantas, o MP3 se desta-cou em relação à produção de biomassa aérea. Para as misturas de plantas, a MP2 proporcionou a maior produção de biomassa. O uso de misturas de plantas com predominância de espécies leguminosas associadas ao manejo do solo sem revolvimento proporcionou maiores produtividades de melão amarelo. / bitstream/item/204803/1/Biomassa-aerea-sistema.pdf

Report this publication

Statistics

Seen <100 times