Affordable Access

Biodiversidade de fungos poliporóides lignolíticos (Basidiomycetes) no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Santa Catarina, Brasil

Authors
Publication Date
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

O levantamento dos fungos lignolíticos (Basidiomycetes) no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (Santa Catarina, Brasil), levou a identificação de 67 espécies pertencentes às famílias Ganodermataceae Donk (03), Hapalopilaceae Jülich (03), Hymenochaetaceae Donk (22), Meripilaceae Jülich (05), Meruliaceae Karst. (01), Polyporaceae Corda (25), Schizoporaceae Jülich (03) e Steccherinaceae Parm. (05). Onze espécies, Ceriporia tarda, Echinochaete brachypora, Irpex lacteus, Oxyporus latemarginatus, Perenniporia ochroleuca, Phellinus bambusinus, Ph. contiguus, Ph. ferruginosus, Ph. robustus, Pseudofavolus miquelii e Tyromyces caesioflavus, estão sendo citadas pela primeira vez para o estado de Santa Catarina. Ao mesmo tempo Antrodia albida, Ceriporipsis pannocincta, Coriolopsis rígida, Hexagonia hydnoides, Junghuhnia undigera, Megasporoporia cavernulosa, M. setulosa, Pachykytospora papyracea, Perenniporia medulla-panis, P. ohiensis, P. stipitata, Phellinus allardii, Ph. bambusarum, Ph. callimorphus, Ph. cesatii, Ph. ferreus, Ph. flavomarginatus, Ph. mellanodermus, Ph. punctatiformis, Ph. punctatus, Ph. undulatus, Phylloporia crysita, Polyporus leprieurii, Rigidoporus lineatus, Schizopora flavipora, S. paradoxa e Trametes socotrana, totalizando 27 espécies, estão sendo citadas pela primeira vez para a área de estudo. Todas as espécies, com exceção de Antrodia albida, são causadoras de podridão branca. Chaves de identificação, descrições e comentários de Famílias, Gêneros e Espécies são apresentados, além de ilustrações e fotos das espécies.

Statistics

Seen <100 times