Affordable Access

Biodiversidade de fungos poliporóides lignolíticos (Basidiomycetes) no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Santa Catarina, Brasil

Authors
  • Michels, Josué
Publication Date
Jan 01, 2006
Source
Repositório Institucional da UFSC
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

O levantamento dos fungos lignolíticos (Basidiomycetes) no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (Santa Catarina, Brasil), levou a identificação de 67 espécies pertencentes às famílias Ganodermataceae Donk (03), Hapalopilaceae Jülich (03), Hymenochaetaceae Donk (22), Meripilaceae Jülich (05), Meruliaceae Karst. (01), Polyporaceae Corda (25), Schizoporaceae Jülich (03) e Steccherinaceae Parm. (05). Onze espécies, Ceriporia tarda, Echinochaete brachypora, Irpex lacteus, Oxyporus latemarginatus, Perenniporia ochroleuca, Phellinus bambusinus, Ph. contiguus, Ph. ferruginosus, Ph. robustus, Pseudofavolus miquelii e Tyromyces caesioflavus, estão sendo citadas pela primeira vez para o estado de Santa Catarina. Ao mesmo tempo Antrodia albida, Ceriporipsis pannocincta, Coriolopsis rígida, Hexagonia hydnoides, Junghuhnia undigera, Megasporoporia cavernulosa, M. setulosa, Pachykytospora papyracea, Perenniporia medulla-panis, P. ohiensis, P. stipitata, Phellinus allardii, Ph. bambusarum, Ph. callimorphus, Ph. cesatii, Ph. ferreus, Ph. flavomarginatus, Ph. mellanodermus, Ph. punctatiformis, Ph. punctatus, Ph. undulatus, Phylloporia crysita, Polyporus leprieurii, Rigidoporus lineatus, Schizopora flavipora, S. paradoxa e Trametes socotrana, totalizando 27 espécies, estão sendo citadas pela primeira vez para a área de estudo. Todas as espécies, com exceção de Antrodia albida, são causadoras de podridão branca. Chaves de identificação, descrições e comentários de Famílias, Gêneros e Espécies são apresentados, além de ilustrações e fotos das espécies.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times