Affordable Access

ESFORÇOS PARA REVERTER OS EFEITOS DA CRISE FINANCEIRA MUNDIAL

Authors

Abstract

Temos como objetivo neste artigo, apoiado nos principais indicadores da economia mundial (WORLD BANK, IMF, OECD, NBER), promover uma análise preliminar, sobre as perspectivas da intensidade dos efeitos da crise no Brasil, tendo como referência o nível de desaceleração das principais economias mundiais em 2008 e início de 2009. Metodologicamente iremos utilizar duas variáveis econômicas importantes: o crescimento da economia mundial e o comportamento do nível de emprego. Os dados analisados evidenciam que começa a configurar-se o processo de uma forte desaceleração econômica, que deverá prolongar-se nos próximos anos, com efeitos perversos sobre o emprego e a renda das populações mundiais. Concluimos, em relação ao Brasil, diante do agravamento da crise, que o governo federal, com o apoio do parlamento e da sociedade organizada, necessita definir uma nova política econômica para o país, em particular, utilizando com mais intensidade a política fiscal e reduzindo a importância da política monetária, para reverter os impactos socioeconômicos e ambientais decorrentes da crise global.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.