Affordable Access

Correlação fenotípica entre componentes do rendimento de grãos de feijão comum (Phaseolus vulgaris L.)

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Phaseolus Vulgaris L.
  • Grain Yield
  • Path Analysis.
  • Ciências Agrárias Eagronômia
  • Phaseolus Vulgaris L.
  • Potencial Produtivo
  • Análise De Trilha.

Abstract

O objetivo deste trabalho foi identificar qual é o componente principal do rendimento de grãos de feijão comum que apresenta menor sensibilidade ao efeito do ambiente, e que propicia maior consistência na expressão dos resultados, quando avaliados em diferentes locais. Os dados experimentais utilizados nas análises são provenientes de Ensaio de Valor cultivo e Uso (VCU) conduzidos nos municípios de Lages e de Chapecó. Os caracteres observados foram estande final de plantas; número de legumes por planta; número de grãos por legume; massa de 1.000 grãos e rendimento total de grãos em kg ha-1. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. As estimativas das correlações fenotípicas foram obtidas pelo método proposto por STEEL e TORRIE e particionadas em efeitos diretos e indiretos mediante a análise de trilha. Correlação inversa foi obtida para os caracteres massa de 1.000 grãos e número de grão por legume, revelando que os mesmos devem ser selecionados conjuntamente para obter ganho no caráter rendimento de grãos. Quando a seleção tem por objetivo aumentar o rendimento de grãos, para as condições ambientais de Chapecó a característica massa de 1.000 grãos pode ser utilizada, enquanto que em Lages o mais apropriado é utilizar o caractere número de legume por planta, pois apresentam consistência e estabilidade no desdobramento dos coeficientes de trilha.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.