Affordable Access

The quantifier 'tudo' in Brazilian Portuguese

Authors
Publisher
Revista Letras
Publication Date
Source
Legacy
Keywords
  • Quantificadores
  • Português Brasileiro
  • Semântica Formal

Abstract

O presente artigo trata da palavra tudo enquanto quantificador no PB. Inicialmente uma expressão complexa, 'tudo' compreende em seu significado lógico um quantificador universal e uma restrição, podendo ser parafraseado com a expressão 'todas as coisas'. Entretanto, dados do português brasileiro coloquial revelam um fenômeno interessante: 'tudo' sendo usado como um quantificador universal puro, sem restrição inerente. É o caso da sentença 'Eu comi os bolo tudo', que não pode ser parafraseada com '*Eu comi os bolos todas as coisas', mas sim com 'Eu comi os bolos todos'. Chamamos esse fenômeno de "tudoQ" e o individuamos como nosso objeto de estudo (ao tudo "tradicional", que contém uma restrição inerente, chamamos de "tudoI"). Este artigo relata a descrição que realizamos de aspectos sintáticos e semânticos do quantificador tudoQ.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.

Statistics

Seen <100 times
0 Comments
F