Affordable Access

Efeitos produtivos, qualitativos e econômicos de diferentes programas nutricionais para suínos em crescimento e terminação

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Ciências Agrárias
  • Zootecnia
  • Aminoácidos
  • Carcaça
  • Lisina
  • Músculo.
  • Nutrição Animal
  • Amino Acids
  • Carcass
  • Lysine
  • Muscle
  • Stress.

Abstract

O objetivo neste trabalho foi avaliar o melhor programa nutricional para suínos em engorda, entre cinco formulações comerciais a partir do uso de diferentes níveis de proteína total (alta, média e baixa), picolinato de cromo (Cr) e ractopamina (Rac) no final da terminação. Os tratamentos foram avaliados para desempenho, características de carcaça, aspectos econômicos e qualidade de carne. Foram utilizados 70 suínos de linhagem comercial Pen Ar Lan (35 machos castrados e 35 fêmeas) com peso médio inicial ± desvio padrão de 25,22 ± 2,5 kg e peso final de abate ± desvio padrão de 119,08 ± 6,0kg. Para as fases iniciais de crescimento, foi observada diferença para a conversão alimentar com a ração com alta proteína apresentando melhor conversão alimentar em relação à ração com picolinato de cromo. Para a fase de terminação II, foi observada diferença no ganho diário de peso, com o programa com ractopamina apresentando melhores resultados apenas em relação ao programa com baixa proteína. Também houve diferença na deposição de músculo e gordura na carcaça em favor da ractopamina, quando comparada com a ração de baixa proteína. Observou-se diferença para a perda de água por gotejamento para ractopamina e baixa proteína em relação aos maiores níveis desse nutriente. A ractopamina também mostrou-se a mais eficiente economicamente. Para os aspectos estudados neste trabalho, entre os programas nutricionais testados, a ractopamina mostrou-se a mais eficiente.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.