Affordable Access

Superação da dormência de sementes de Cupressuslusitanica Mill

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Ciências Agrárias
  • Cipreste
  • Estratificação
  • Germinação E Velocidade De Germinação.
  • Cipreste
  • Stratification
  • Germination And Germination Speed.

Abstract

CupressuslusitanicaMill. é uma das espécies florestais de alto potencial para utilização como quebra-ventos e produção de madeira no Brasil. Objetivando avaliar métodos de superação de dormência para promover a germinação de sementes de C. lusitanica foram testados os seguintes tratamentos: T1 (testemunha sem tratamento); T2 (imersão em água destilada por 24 horas); T3 (imersão em água destilada por 36 horas); T4 (estratificação úmida à 4 °C por 30 dias); T5 (imersão em água destilada por 8 horas + estratificação úmida à 4 °C por 30 dias); T6 (imersão em água destilada por 8 horas + estratificação úmida à 4 °C por 20 dias); T7 (imersão em água destilada por 12 horas + estratificação úmida à 4 °C por 20 dias); T8 (imersão em água destilada a 80 ºC por 5 minutos); T9 (imersão em 100 mL de ácido sulfúrico por 5 minutos). Avaliou-se a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação (IVG). Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo Teste de Skott-knott. Os tratamentos T5, T2 e T7 proporcionaram maior germinação e o T7 maior velocidade de germinação, podendo estes serem recomendados para a superação da dormência de sementes de C. lusitanica.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.