Affordable Access

Aspectos epidemiológicos da tuberculose em uma região do estado de São Paulo

Authors
  • Antoniolli, Talita Antunes
Publication Date
Aug 08, 2022
Source
Repositório Digital Institucional da UFPR
Keywords
License
Unknown

Abstract

Orientadora: Profa. Dra. Astrid Wiens Souza / Coorientador: Prof. Dr. Bruno Salgado Riveros / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Assistência Farmacêutica. Defesa : Curitiba, 24/02/2022 / Inclui referências / Resumo: A tuberculose (TB) é uma doença infectocontagiosa de notificação obrigatória no Brasil. O objetivo desse estudo foi analisar a incidência, perfil epidemiológico e a completude das notificações dos casos de TB registrados numa região do Estado de São Paulo em um período de 10 anos e avaliar o impacto da pandemia da COVID-19 nas notificações. Trata-se de um estudo retrospectivo, de metodologia mista, parte transversal e parte longitudinal, de análise de notificações de pacientes adultos diagnosticados com TB. Os dados de janeiro de 2010 a dezembro de 2020 foram extraídos do sistema TBweb. Variáveis sociodemográficas (sexo, raça e escolaridade), clínicas (forma clínica, tipos de casos e comorbidades) e acompanhamento do tratamento (tipo e tratamento, taxa de cura, internação, taxa de abandono e óbito) foram coletados e analisados. A completude das notificações de TB e o impacto da pandemia na qualidade, perfil e completude das notificações de TB foi avaliado considerando o ano de 2020. Análises estatísticas descritivas e exploratórias foram conduzidas. Os resultados foram reportados de acordo com a ferramenta Strengthening the Reporting of Observational Studies in Epidemiology - STROBE para estudos observacionais. Foram incluídas 1509 notificações de pacientes com TB. A idade mediana foi de 49 anos, com predomínio do sexo masculino (71%), raça branca (42%) e 4 a 11 anos de escolaridade (49,3%). A forma pulmonar foi encontrada em 85% das notificações e em 70% dos casos foi realizada a baciloscopia do escarro para diagnóstico de TB. Na avaliação do impacto da pandemia nas notificações, em 2020 foi verificada uma queda de 36% na incidência no número de notificações de TB com ênfase entre julho e agosto de 2020, mesmo período em que ocorreu o auge dos casos de COVID-19 na região. Não houve diferença na completude das notificações em 2020, comparado aos anos anteriores. O tratamento supervisionado ocorreu em apenas 30 % dos casos, houve 14% de abandono do tratamento e 70% de cura no encerramento do caso. Essas evidências podem orientar gestores e profissionais de saúde nas decisões de prestação de cuidados e destacam a necessidade de esforços adicionais na vigilância e controle da TB, durante e após a pandemia. de esforços adicionais na vigilância e controle da TB, durante e após a pandemia. / Abstract: Tuberculosis (TB) is a notifiable infectious disease in Brazil. The aim of this study was to analyze the incidence, epidemiological profile and completeness of notifications of TB cases registered in a region of the State of São Paulo over a period of 10 years and to assess the impact of the COVID-19 pandemic on notifications. This is a retrospective study, with a mixed methodology, part cross-sectional and part longitudinal, of analysis of notifications of adult patients diagnosed with TB. Data from January 2010 to December 2020 were extracted from the TBWeb system. Sociodemographic variables (gender, race and education), clinical variables (clinical form, types of cases and comorbidities) and follow-up of treatment (type and treatment, cure rate, hospitalization, dropout rate and death) were collected and analyzed. The completeness of TB notifications and the impact of the pandemic on the quality, profile and completeness of TB notifications were evaluated considering the year 2020. Descriptive and exploratory statistical analyzes were conducted. The results were reported according to the Strengthening the Reporting of Observational Studies in Epidemiology - STROBE tool for observational studies. 1,509 notifications of patients with TB were included. The median age was 49 years, with a predominance of males (71%), white race (42%) and 4 to 11 years of schooling (49.3%). The pulmonary form was found in 85% of the reports and in 70% of the cases sputum smear microscopy was performed for the diagnosis of TB. In assessing the impact of the pandemic on notifications, in 2020 there was a 36% decrease in the incidence in the number of TB notifications, with emphasis on between July and August 2020, the same period in which the peak of COVID-19 cases in the region occurred. There was no difference in the completeness of notifications in 2020 compared to previous years. Supervised treatment occurred in only 30% of the cases, there was 14% dropout of treatment and 70% cure at case closure. This evidence can guide managers and health professionals in care delivery decisions and highlights the need for additional efforts in TB surveillance and control, during and after the pandemic.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times