Affordable Access

Apropriações de TIC e suas interseções entre professores, crianças e adolescentes

Authors
  • Tocantins, Geusiane Miranda de Oliveira
Publication Date
Feb 12, 2020
Source
Repositório Institucional da Universidade de Brasília
Keywords
License
Unknown
External links

Abstract

Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2020. / A presente pesquisa partiu da inquietação em compreender as relações estabelecidas entre as apropriações de tecnologias de informação e comunicação por diferentes gerações – professores, crianças e adolescentes. O foco se voltou à apropriação de TIC partindo da perspectiva dos sujeitos, considerando seu cotidiano. Teve como objetivo geral compreender as apropriações de TIC por professores, crianças e adolescentes e suas possíveis interseções no cotidiano. A pesquisa se baseou na metodologia da educação comparada com abordagem qualitativa e caráter intergeracional e intranacional, tendo como participantes 23 professores e 21 crianças e adolescentes. A pesquisa de campo ocorreu na Escola Parque Anísio Teixeira e no Núcleo de Tecnologia Educacional, ambos em Ceilândia, Distrito Federal. Para a construção dos dados, foram realizadas oficinas de história em quadrinhos com os participantes, utilizando o recurso Pixton. As histórias em quadrinhos produzidas foram consideradas como narrativas gráficas. Posteriormente os participantes foram convidados a transformar suas narrativas gráficas em narrativas orais durante entrevista episódica. Para análise dos dados, foram criadas categorias de codificação temática a partir dos dados empíricos, com o auxílio do software Atlas.TI. Emergiram dos dados três dimensões de análise: presença e usos das tecnologias de informação e comunicação; tempos e espaços; e significados e sentidos. Essas dimensões foram permeadas pelos eixos de análise comparada: cotidiano; professores, crianças e adolescentes; apropriações de tecnologias de informação e comunicação. Os resultados evidenciam a presença das tecnologias de informação e comunicação no cotidiano dos professores, crianças e adolescentes destacando-se como principais interseções a distração digital e, consequentemente, um deslocamento da apropriação instrumental para uma apropriação emocional e social. / This research started from the concern to understand the relationships established between the appropriations of information and communication technologies by different generations - teachers, children and teens. The focus was on the appropriation of ICT from the perspective of the subjects, considering their daily lives. The general goal was to understand the appropriations of ICT by teachers, children and teens and their possible intersections in daily life. The research was based on the methodology of comparative education with a qualitative approach and an intergenerational and intranational character, with 23 teachers and 21 children and adolescents as participants. The field research took place at Park School Anísio Teixeira and at the Educational Technology Center, both in Ceilândia, Federal District. For the construction of the data, comic book workshops were held with the participants, using the Pixton resource. The comic books produced were considered as graphic narratives. Subsequently, participants were invited to transform their graphic narratives into oral narratives during an episodic interview. For data analysis, thematic coding categories were created from the empirical data, with the aid of the Atlas.TI software. Three dimensions of analysis emerged from the data: presence and uses of information and communication technologies; times and spaces; and meanings and senses. These dimensions were permeated by the axes of comparative analysis: daily life; teachers, children and teens; information and communication technologies appropriations. The results show the presence of information and communication technologies in the daily lives of teachers, children and teens, with digital distraction as the main intersections and, consequently, a shift from instrumental appropriation to emotional and social appropriation.

Report this publication

Statistics

Seen <100 times