Affordable Access

Análise da reflectância marinha na região costeira de Ubatuba, litoral norte de São Paulo

Authors
  • Santos, João Felipe Cardoso dos
  • Kampel, Milton
  • Gaeta, Salvador Airton
  • Pompeu, Mayza
Publication Date
Jan 01, 2010
Source
Biblioteca Digital da Memória Científica do INPE
Keywords
Language
Portuguese
License
Unknown
External links

Abstract

Alguns constituintes da água do mar possuem características ópticas que, em função das concentrações em que são encontrados, concedem diferentes cores ao oceano. Essas concentrações podem ser analisadas pela reflectância destes materiais dentro ou sobre a água, captadas com o auxílio de sensores in situ e orbitais. Porém, sensores orbitais funcionam bem para águas oceânicas abertas, onde os constituintes ópticos sofrem menores interferências da região costeira (efeitos antropogênicos, aporte de matéria orgânica e inorgânica, taxa de precipitação pluviométrica, mudanças na direção e intensidade do vento). Para entender melhor os processos envolvidos no litoral, se faz necessária a aquisição de dados oceanográficos que complementem as medidas radiométricas e auxiliem na análise da reflectância marinha. O Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais vêm contribuindo com a rede de observações ANTARES no litoral de Ubatuba, estado de São Paulo, desde dezembro de 2004. Este trabalho teve como objetivo analisar dados de julho de 2006 até junho 2009 da rede ANTARES, relacionando reflectância marinha, medida por meio de radiômetros in situ, com dados oceanográficos para identificar quais fatores alteram a contribuição dos constituintes da água do mar. Objetivou-se também simular as bandas de leitura dos sensores orbitais Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) e Sea-viewing Wide Field-of-view Sensor (SeaWiFS) para comparar os valores obtidos pelos radiômetros no campo com os algoritmos empíricos dos sensores MODIS e SeaWiFS. Foram identificados três padrões não sazonais de cor do oceano que variaram de acordo com a direção do vento e com o índice pluviométrico local. Obervou-se que os algoritmos existentes superestimaram os valores in situ. A pesquisa deverá auxiliar o desenvolvimento e validação de algoritmos da cor do oceano para o litoral de Ubatuba, substituindo os que não se mostram eficazes para regiões costeiras. / Number of Pages: 39

Report this publication

Statistics

Seen <100 times