Affordable Access

PRODUTIVIDADE RELATIVA DOS SETORESPÚBLICO E PRIVADO EM EDUCAÇÃO: IMPACTOS SOBRE A ESCOLHA DA ESCOLA PELAFAMÍLIA

Authors

Abstract

1 PRODUTIVIDADE RELATIVA DOS SETORES PÚBLICO E PRIVADO EM EDUCAÇÃO: IMPACTOS SOBRE A ESCOLHA DA ESCOLA PELA FAMÍLIA Ana Carolina Zoghbi Rafael Terra de Menezes Fabiana de Felício CEPESP/FGV e EAESP/FGV Unesco/MEC e EESP/FGV MEC e Metas Pesquisa e Avaliação Educacional Resumo O objetivo principal deste trabalho é verificar se as famílias levam em conta o diferencial de produtividade educacional entre os setores privado e público (em termos de proficiências) ao decidirem sobre a escola em que matricularão seus filhos, e se, de fato, existe tal diferencial de produtividade. Essas duas questões são cruciais para se considerar a introdução de políticas públicas educacionais que ampliem as possibilidades de escolha das famílias, como os vouchers. Para isso, foram estimadas funções de produção educacionais para cada setor pelo modelo de Heckman com dados do SAEB 2003, que revelaram um diferencial de produtividade em favor do setor privado em matemática e leitura. Os resultados do modelo de escolha educacional, estimado por Probit, mostraram que o aumento do diferencial de desempenho (produtividade) em matemática aumenta a probabilidade das famílias escolherem o setor privado. Resultados semelhantes foram obtidos para a amostra de leitura. Um objetivo secundário foi verificar se o diferencial das características dos potenciais colegas entre os setores privado e público afeta as escolhas das famílias. Usando dados do Censo do Magistério 2003 e do Censo da Educação Básica do mesmo ano verificou-se que, face às opções locais disponíveis de escolas públicas e privadas, quanto maior a proporção de alunos brancos no setor privado comparativamente ao setor público maior é a probabilidade da família optar pelo setor privado. Da mesma forma, quanto maior o diferencial de nível sócio-econômico dos alunos entre os setores privado e público, maiores as chances das famílias escolherem o primeiro setor. Palavras-Chave:

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.