Affordable Access

Infra-estrutura e produtividade no Brasil

Authors

Abstract

Este artigo analisa a relação entre infra-estrutura e produtividade total dos fatores (PTF) no Brasil entre 1950 e 2000. O estoque de capital público é utilizado como proxy para o capital de infra-estrutura. A hipótese a ser testada é a de que um aumento no estoque de infra-estrutura de maneira mais acentuada que uma elevação no estoque de capital privado tem um efeito positivo sobre a produtividade no longo prazo. Para tanto, utilizou-se o procedimento de Johansen com o objetivo de testar a cointegração entre a PTF e a razão capital público/privado. De fato, comprovou-se que essa relação de complementaridade (capital público-privado) ajuda a explicar a trajetória da PTF de 1950 a 2000. Os resultados se mostraram robustos a diferentes medidas de produtividade e da proporção capital público/privado. Além disso, a análise de curto (médio) prazo indicou que choques nesta proporção têm um impacto significativo sobre a PTF, mas o contrário não ocorre. Assim, a diminuição dos investimentos em infra-estrutura pode ser uma possível explicação para a queda da PTF verificada nos anos 70 e 80.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.