Affordable Access

CONTROVERTIBILIDADE SEM CONTROVÉRSIA? Marcelo Dascal

Authors
Publisher
Edufu – Editora da Universidade Federal de Uberlândia
Publication Date
Keywords
  • Filosofia

Abstract

Wolfgang Sander propõe uma inovação significativa no pensamento pedagógico atual. Em termos conceituais, sua sugestão é renovar o conceito de “Bildung”, do século XIX, por meio da inserção da controvertibilidade e da perspectividade como componentes essenciais do processo de ensino e aprendizagem, bem como do ideal de uma pessoa “instruída”.2 Essa mudança conceitual, defende ele, requer uma alteração paralela nas noções de conhecimento e ciência, as quais ele propõe encarar do ponto de vista “construtivista”. Na prática, a implementação dessa ideia demandaria com certeza uma extensa reforma do sistema educacional, inclusive uma abordagem radicalmente nova do magistério, dos currículos, da participação dos estudantes, do uso e do desenvolvimento de novas tecnologias na escola e até do cenário físico do ambiente da escolarização. O enfoque de Sander está principalmente centrado na fundamentação de sua proposta. Eu vou, naturalmente, acompanhá-lo nesse aspecto, considerando, sobretudo, embora não de modo exclusivo, o conceito de controvertibilidade”. Minhas considerações, todavia, implicam que seria um grave erro ignorar a dimensão prática desse conceito até mesmo para as análises teóricas que dele sejam feitas.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.