Affordable Access

Metamorfoses guanabarinas: O Rio de Janeiro no raiar do século XX por Arthur Azevedo

Authors
Publisher
Interseções: Revista de Estudos Interdisciplinares
Publication Date

Abstract

Em fevereiro de 1906, foi representada Guanabarina, de Arthur Azevedo e Gastão Bousquet. A revista de ano rememorava 1905 e trazia como tema a disputa entre o carrancismo (apego ao passado) e o progresso, em meio às reformas urbanas ocorridas no Rio de Janeiro – então capital federal da República – na gestão de Rodrigues Alves (1902-06). O objetivo deste artigo é, a partir de algumas obras do literato Arthur Azevedo (1855-1908) – particularmente Guanabarina –, entender a arqueologia desse Rio de Janeiro em transformação, buscando decifrar quais memórias sobre a cidade eram elaboradas por Arthur Azevedo, tanto do ponto de vista material – construções e demolições –, como da experiência urbana – mentalidades e práticas de seus habitantes. O trabalho pressupõe que a literatura, o teatro, as charges e as crônicas jornalísticas são representações sociais que falam sobre a sociedade, além de produzirem imagens e discursos sobre ela.Palavras-chave: Arthur Azevedo. Rio de Janeiro. Reforma urbana.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.