Affordable Access

EFEITO DA GRAMATURA SOBRE A RESISTÊNCIA AO CISALHAMENTO DA LINHA DE COLA DE DUAS MADEIRAS TROPICAIS: SERU (Allantoma lineata) E MARUPÁ (Simarouba amara)

Authors
Publisher
FUPEF DO PARANÁ
Publication Date
Keywords
  • Ciências Agrárias
  • Madeira Laminada Colada
  • Gramatura
  • Allantoma Lineata
  • Simarouba Amara.

Abstract

Este trabalho teve como objetivo principal estudar a influência da gramatura do adesivo resorcinol-formaldeído na união de peças de madeira, visando à produção de madeira laminada colada (MLC) de duas espécies, seru (Allantoma lineata) e marupá (Simarouba amara), e da mistura entre elas. Foram realizados testes de cisalhamento na linha de cola conforme a NBR 7190 (1997), bem como foi calculada a percentagem de falha na madeira para as duas espécies e para dois tipos de mistura entre elas nas gramaturas 200, 300 e 400 g.m-², além de testes de cisalhamento longitudinal das madeiras sólidas. As espécies e misturas se correlacionam com a gramatura através de um modelo quadrático, no qual a maior resistência foi obtida próximo à gramatura de 300 g.m-2, não sendo significativo ao nível de 5% de probabilidade apenas para a mistura na qual a madeira de seru recebeu o esforço direto da prensa. Os resultados mostraram que a ligação adesivo-madeira foi mais eficiente para a espécie marupá, de baixa densidade. Entretanto, a maior média de resistência ao cisalhamento (9,46 MPa) foi obtida para a colagem da espécie seru. Para ambas as espécies, as gramaturas 300 e 400 g.m-2 atingiram o requisito da NBR 7190, que estabelece que a eficiência do adesivo deve ser superior a 90%. Os resultados indicaram a possibilidade de mistura de ambas as espécies. Palavras-chave: Madeira laminada colada; gramatura; Allantoma lineata; Simarouba amara. Abstract Effect of the spread rate on glue shear strength of two tropical hardwoods: seru (Allantoma lineata) and marupá (Simarouba amara). This study aimed at studying the effect of the glue spread rate on bonding strength of two tropical woods: Seru (Allantoma lineata) and Marupá (Simarouba amara). All the shear tests were acomplished according to the Brazilian Design Code NBR 7190 (ABNT, 1997), for each specie and on two kinds of mixtures of these species. For both species they were also done tests to verify the parallel shear strength in solid woods. Using these tests, they were determined the shear strength and the percentage of wood failure for each specie and for their mixtures, using the followings amounts of glue: 200, 300 and 400 g.m-2. Afterwards, the best statistic obtained model, relating the amounts of glue to the woods cited above, was the quadratic model. The best shear strength was obtained around 300 g.m-2 and was considered not significant at the level of 5% of probability only for a unique kind of mixture, where Seru receives direct tension of the press machine. The highest shear strength average, 9,46 MPa, was obtained for the Seru wood bonding junction. For both species the amounts of glue 300 and 400 g.m-2 met the NBR 7190 requirement, which states that the efficiency of the adhesive strength must be above 90% in comparison to the solid wood.Keywords: Glued-laminated timber; glue amount; Allantoma lineate; Simarouba amara.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.