Affordable Access

EQUILÍBRIOS MÚLTIPLOS E METAS DE INFLAÇÃO NUM MODELO MACRODINÂMICO PÓS-KEYNESIANO

Authors

Abstract

O presente artigo analisar os efeitos da condução da política monetária com base no regime de metas de inflação no contexto de um modelo macro-dinâmico póskeynesiano. Para tanto, foi desenvolvido um modelo Pós-Keynesiano de acumulação de capital e distribuição de renda no qual a oferta de moeda é endógena e a política monetária é conduzida de acordo com uma regra de Taylor. Nesse contexto, demonstra-se a existência de duas posições de equilíbrio de longo-prazo para a economia em consideração. A primeira é caracterizada por uma taxa real de juros elevada e uma baixa participação dos lucros na renda, ao passo que a segunda é caracterizada por uma baixa taxa real de juros e uma elevada participação dos lucros na renda. A análise das condições de estabilidade do modelo mostra que o equilíbrio estável é aquele no qual a taxa real de juros é baixa. Além disso, mostra-se que a política monetária é não-neutra no longo-prazo, uma vez que mudanças da meta de inflação estão associadas a mudanças no valor de equilíbrio de longo-prazo da taxa real de juros e da participação dos lucros na renda.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.