Affordable Access

Publisher Website

HLA class I and II and TNF-α gene polymorphisms in sarcoidosis patients

Authors
Journal
Revista Portuguesa de Pneumologia (English Edition)
2173-5115
Publisher
Elsevier
Volume
14
Issue
6
Identifiers
DOI: 10.1016/s2173-5115(08)70305-1
Keywords
  • Sarcoidosis
  • Genetics
  • Hla
  • Sacordoise
  • Genética

Abstract

Resumo Introdução A susceptibilidade genética na ocorrência da sarcoidose é sugerida por alguns factores, nomeadamente pela observação de casos de agregação familiar e a associação da raça a diferentes tipos de incidência e gravidade da doença. Vários estudos têm evidenciado a associação da classe I e especialmente da classe II do sistema HLA com a susceptibilidade à sarcoidose. Objectivos Estudo dos polimorfismos genéticos da classe I e II do sistema HLA e do TNF-α num grupo de doentes com sarcoidose, nomeadamente a sua influência na susceptibilidade, apresentação clínica e evolução da doença. Material e métodos Foram incluídos 104 doentes com sarcoidose, tendo sido estudadas a apresentação clínica, funcional, radiológica e os resultados do LBA. Foram usados métodos de biologia molecular na genotipagem do HLA -A*, B*, C*, DRB1*, DQB1* e TNF -α. O ADN foi extraído do sangue periférico e foram usados os métodos PCR -SSP e PCR -reverse hibridization. As frequências alélicas foram comparadas com controlos da mesma região geográfica pelo teste χ2, sendo usado o teste Kruskal-Wallis para variáveis contínuas. Resultados Comparativamente com os controlos, os doentes incluídos apresentavam frequências aumentadas de: B*08 (10,6% vs 6,1%), OR=1,8, IC=[1,1;3,1], p=0,02; DRB1*12 (4,3% vs 1,7%), OR=2,63, IC=[1,1;6,1], p=0,03. Os doentes com eritema nodoso apresentaram aumento das frequências alélicas de DRB1*03 (28% vs 9,3%), RR=2,39, IC=[1,5;3,8], pc=0,01 e DQB1*02 (38% vs 18%), RR=2,1, IC=[1,3;3,3], pc=0,02. O alelo DQB1*03 está diminuído nos doentes que apresentam síndroma ventilatória obstrutiva, RR=0,53, IC=[0,3;0,9], pc=0,05. O alelo DRB1*15 encontra -se significativamente associado quer à síndroma ventilatória restritiva quer à diminuição da transferência alveolocapilar (21,1% vs 6,6%), RR=2,46, IC=[1,35;4,48], p=0,01 e (18,1% vs 3,8%), RR=1,87, pc=0,05, respectivamente. Por sua vez, o genótipo A/A (high) do TNF -α apresentou uma frequência aumentada (p=0,04) nos doentes com eritema nodoso. Conclusões Os resultados obtidos adicionam evidência ao facto de, quer a classe I quer a classe II do sistema HLA influenciarem a susceptibilidade, o tipo de apresentação, o grau de gravidade e a evolução na sarcoidose. Por outro lado, o eritema nodoso parece relacionar -se com o genótipo de elevada produção de TNF -α, associação esta já anteriormente descrita.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.

Statistics

Seen <100 times
0 Comments

More articles like this

HLA class I and II and TNF-alpha gene polymorphism...

on Revista portuguesa de pneumolo... 2008

Expression of HLA class II genes in alveolar macro...

on The American review of respira... July 1989

Genetic characterization and susceptibility for sa...

on Investigative Ophthalmology &... October 2012
More articles like this..