Affordable Access

RESTRIÇÃO AO CRÉDITO, CHOQUES IDIOSSINCRÁTICOS E VOLATILIDADE DO CONSUMO NO BRASIL

Authors
Publisher
Universidade Católica de Brasília
Publication Date
Keywords
  • E32.

Abstract

Este artigo se propõe a estudar se modelos caracterizados por restrição ao crédito e choques idiossincráticos são capazes de gerar séries de consumo com segundos momentos próximos ao observado na série de consumo brasileira. Será visto que a volatilidade da série de consumo depende em grande medida da elasticidade de substituição intertemporal, e que este parâmetro não possui uma medida consensual. Conclui-se que os modelos propostos geram séries de consumo com alta volatilidade, mas que estas são muito altas, sugerindo o uso de modelos com restrição parcial ao crédito.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.