Affordable Access

Gêneros textuais e ensino: as relações entre oralidade e escrita/ Textual genres and teaching: relationships between orality and writing

Authors
Publisher
Universidade Federal de Uberlândia
Publication Date

Abstract

ENSINO EM RE-VISTA V.18 N.1 Ensino Em Re-Vista, v. 18, n. 1, jan./jun. 2011 GÊNEROS TEXTUAIS E ENSINO: AS RELAÇÕES ENTRE ORALIDADE E ESCRITA TEXTUAL GENRES AND TEACHING: RELATIONSHIPS BETWEEN ORALITY AND WRITING Letícia Fonseca Richthofen de Freitas1 1 Doutora em Educação. Professora Adjunta na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Pelotas/UFPel. E-mail: [email protected] RESUMO: É inegável a importância que os gêneros textuais assumiram em diversos campos do conhecimento, incluindo as reflexões sobre o ensino de língua materna. Cada vez mais teóricos e estudiosos das áreas de Pedagogia e Linguística se debruçam sobre estratégias de ensino que visem à ampliação da competência comunicativa de alunos e de alunas no que se refere à leitura e à escritura. A partir de tais considerações, este artigo, oriundo de um projeto de pesquisa mais amplo, tem por objetivo contribuir com tais discussões, sobretudo no que diz respeito ao estudo dos gêneros orais e sua relação com a escrita. Partindo de reflexões de cunho mais teórico sobre a questão dos gêneros textuais e da pedagogia do oral, o estudo aponta, com base no material já desenvolvido no projeto de pesquisa ac ima referido, maneiras de se abordarem os gêneros orais na sala de aula e sua articulação com os gêneros escritos. PALAVRAS-CHAVE: Ensino. Gêneros Textuais. Pedagogia do Oral. ABSTRACT: The significance that textual genres assumed in various fields of knowledge is undeniable, including reflections about mother tongue teaching. More and more theorists and experts in Pedagogy and Linguistics lean over teaching strategies to increase students’ communicative skills in reading and writing. Upon these considerations, this paper, which is coming from a larger research project, aims at contributing for this discussion, particularly to the study of oral genres and their relation with writing. From theoretical reflections about textual genres and oral pedagogy, the study, based

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.