Affordable Access

AGULHAS PARA DESATIVAR BOMBAS

Authors
Publisher
POLÊM!CA
Publication Date

Abstract

O imigrante, o estrangeiro, o refugiado vem colocar em uma certa posição de abismo, os espaços aparentemente seguros do que representa para cada um o familiar. O estrangeiro coloca em cena a potência utópica de buscar novas imagens, novos espaços, novos significantes, novas línguas. Produz assim com este deslocamento uma renovação da língua. Nem sempre somos capazes de reconhecer: o estrangeiro que nos constitui. Tal condição aparece quando ousamos mudar de posição, ou seja, quando produzimos um deslocamento que permita uma interrogação sobre o lugar. Portanto, isto acontece sempre que cruzamos a fronteira de um território e nos deparamos com uma outra língua que balbuciamos, como se recuperássemos o infantil que sempre nos habita.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.