Affordable Access

Componentes de rendimentos e produção da planta de cevada em função de níveis de adubação nitrogenada em cobertura

Authors
Publisher
Revista Brasileira de Tecnologia Aplicada nas Ciências Agrárias
Publication Date
Keywords
  • Fertilização
  • Hordeum Vulgare
  • Produção De Matéria Seca
  • Qualidade De Grão
  • Teores De Matéria Seca
  • Dry Matter Contents
  • Dry Matter Production
  • Fertilization
  • Hordeum Vulgare

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de níveis de adubação nitrogenada em cobertura sobre o rendimento e a produção da planta de cevada (Hordeum vulgare, L.). Foram avaliados os seguintes tratamentos: T1 – 0 kg ha-1 de N; T2 – 80 kg ha-1 de N; T3 – 100 kg ha-1 de N; T4 – 120 kg ha-1 de N; T5 – 150 kg ha-1 de N; T6 – 180 kg ha-1 de N; e T7 – 220 kg ha-1 de N. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, composto por sete tratamentos e três repetições. Não houve interação significativa (P > 0,05) entre nível de adubação nitrogenada e época de avaliação para número de perfilhos m-2 e teores de matéria seca das plantas de cevada. As equações de regressão para número de perfilhos m-2 observados 23 dias após plantio (854,0752 + 2,1593N) e 45 dias após plantio (1020,7458 + 1,4729N) mostraram resposta linear crescente de 2,16 e 1,47, respectivamente para cada kg de N aplicado em cobertura na cultura da cevada. Os dados de produção de matéria seca (720,0365 + 3,4388N) ajustaram-se linearmente, indicando que para cada kg de N aplicado em cobertura na cultura da cevada incrementou-se a produção em 3,44 kg ha-1 de matéria seca, na primeira data de avaliação (23 dias após plantio). Já na produção de matéria seca acumulada na segunda data de avaliação (45 dias após plantio), não se observou diferença significativa na produção de matéria seca entre os diferentes níveis de adubação nitrogenada. Para o parâmetro custo de implantação de lavoura (R$ ha-1) houve comportamento linear (181,9183 + 0,9842N), mostrando que a cada kg de N aplicado na cultura da cevada, incrementa-se o custo em R$ 0,98.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.