Affordable Access

Aplicação da ventilação mecânica não-invasiva no pós-operatório de cirurgias torácicas e abdominais

Authors
Publisher
ASSOBRAFIR Ciência
Publication Date
Keywords
  • Fisioterapia Em Terapia Intensiva
  • Cirurgia Torácica
  • Respiração Artificial
  • Unidade De Terapia Intensiva.

Abstract

Introdução: A ventilação mecânica não invasiva (VNI) é uma estratégia usada para prevenir as complicaçõespulmonares que ocorrem no pós-operatório de pacientes submetidos a cirurgias abdominais e torácicas. Essatécnica pode ser usada na insuficiência respiratória estabelecida no pós-operatório ou como forma profilática.Objetivos: Avaliar a aplicação e desfechos do uso da VNI nos pacientes de pós-operatório de cirurgias torácicase abdominais no período de junho 2010 a julho 2011. Método: estudo retrospectivo, descritivo transversal,realizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital público de Porto Alegre-RS, em pacientesde pós-operatório de cirurgia torácica ou abdominal. Os dados foram coletados a partir de um formulárioespecífico, utilizado de rotina para todos os pacientes que faziam uso da VNI. Resultados: A amostra foicomposta por 67 pacientes com média de idade de 63±12 anos, sendo 35(52%) do gênero feminino. O usomais frequente ocorreu em pacientes submetidos a cirurgias intratorácicas (67%) e, em 60% dos pacientes doestudo, a VNI foi instalada nos três primeiros dias de pós-operatório. As causas mais comuns da aplicação daVNI foram a congestão pulmonar (51%) e a falência respiratória pós-extubação (resgate) (31%). O sucessono uso da VNI ocorreu em 52 (77,6%) pacientes e falha em 15 (22,3%), sendo a piora clínica a principal causapara interrupção da VNI e reintubação orotraqueal (66%). Houve menor tempo de hospitalização (p=0,017),permanência na UTI (p<0,001) e menor mortalidade (p=0,04) nos pacientes que obtiveram sucesso no uso da VNI, quando comparado aos pacientes que falharam e retornaram à ventilação mecânica invasiva. Conclusão:A maioria dos pacientes que utilizou a VNI evoluiu sem a necessidade de suporte ventilatório invasivo. O usoprecoce da VNI apresentou relação com o sucesso da técnica e os pacientes que falharam na VNI apresentarammaior tempo de internação e mortalidade.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.