Affordable Access

Fermentação, cinética e degradação ruminal em ovinos alimentados com fontes de carboidratos associadas ao óleo

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Zootecnia
  • Amido
  • Degradabilidade
  • Fibra Solúvel Em Detergente Neutro
  • Milho
  • Parâmetros Ruminais
  • Polpa Cítrica.
  • Ciências Agrárias
  • Starch
  • Degradability
  • Detergent Neutral Soluble Fiber
  • Corn
  • Ruminal Parameter
  • Citrus Pulp.

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradabilidade, fermentação e cinética da passagem de líquido ruminal em ovinos alimentados com dietas contendo diferentes carboidratos associados ao óleo de girassol. Quatro ovinos canulados no rúmen, foram distribuídos em delineamento em quadrado latino 4 × 4. Os tratamentos consistiram de dietas com alto teor de fibra solúvel em detergente neutro ou alto teor de amido, associadas ou não a 4,2% de óleo de girassol. Os períodos de incubação foram 3, 6, 12, 24, 48, 72, 96 e 120 horas e o líquido ruminal foi colhido nos tempos 0, 2, 4, 6, 8, 10, 12 e 24 horas após alimentação. As dietas com alto teor de fibra solúvel em detergente neutro (FSDN) proporcionaram maior degradação da matéria seca, proteína bruta, fibra solúvel em detergente neutro e amido, além de maior pH ruminal, produção de ácido butírico, taxa de diluição e de reciclagem ruminal em comparação às dietas com alto teor de amido. A inclusão de 4,2% de óleo às diferentes fontes de carboidratos não teve influência sobre a fermentação, cinética ruminal e degradação da fibra. Alto teor de fibra solúvel em detergente neutro na dieta favorece a fermentação ruminal em comparação ao alto teor de amido.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.