Affordable Access

Sensibilidade de Stenocarpella macrospora a fungicidas = Sensibility of Stenocarpella macrospora to fungicide

Authors
Publisher
EDUFU
Publication Date
Keywords
  • Agronomia
  • Fitopatologia
  • Diplodia
  • Fungitoxicidade
  • Mancha-De-Macrospora
  • Zeae Mays.

Abstract

A aplicação de fungicidas nos órgãos aéreos é estratégia de controle para mancha-de-macrospora causada pelo fungo Stenocarpella macrospora. O objetivo do trabalho foi determinar a sensibilidade de S. macrospora a fungicidas pela inibição do crescimento do micélio (CM) e germinação de conídios (GC). Foram avaliados 12 fungicidas pertencentes aos grupos químicos dos benzimidazóis, estrobilurinas e triazóis, seis concentrações e dois isolados do fungo (SC e MT). Os fungicidas foram diluídos em água destilada e esterilizada e adicionados ao meio de cultura de batata-dextrose-ágar (micélio) e ágar-água (conídios) após a esterilização. A porcentagem de inibição do CM e GC foi calculada em relação à testemunha, estimando-se valores de concentração inibitória de 50% (CI50). Constatou-se que os fungicidas testados foram altamente fungitóxicos na inibição do CM, sendo que a CI50 foi menor que 1 ppm para todos os fungicidas, não havendo diferença entre isolados. Na inibição da GC, as estrobilurinas apresentaram maior fungitoxicidade, pois a CI50 ficou entre 0,0035 e 0,03 ppm, sendo o isolado SC mais sensível aos fungicidas. Os valores de CI50 para os diferentes fungicidas específicos para S. macrospora são úteis no monitoramento da sensibilidade do fungo em regiões com demanda intensa de fungicidas no milho.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.