Affordable Access

Comportamento dinamico complexo em despelamento de fitas adesivas

Authors
Publisher
Biblioteca Digital da Unicamp
Publication Date
Keywords
  • Adesivos
  • Caos Quantico
  • Viscoelasticidade

Abstract

O fracionamento por cromatografia em coluna do extrato benzênico de nós de Araucaria angustifolia, coletados de árvores tombadas e expostas à ação do tempo, forneceu pinoresinol, seus éteres monometílico e dimetílico, secoisolariciresinol, isolariciresinol, lariciresinol e três de seus éteres monometílicos, ainda não descritos na literatura. A análise por RMN-C dessas substâncias, das obtidas por metilação parcial do isolariciresinol e do lariciresinol, isômeras das naturais, e de seus derivados metilados e acetilados, auxiliada pelas informações de RMN-H e espectrometria de massa, possibilitou a caracterização dos novos campostos monofenólicos . Os carbonos de três neolignanas ariltetralínicas, galbulina, galcatina e isogalcatina, e da ciclogalgravina, foram assinalados utilizando-se efeitos de substituintes e desacoplamento específico de prótons, e algumas considerações em termos da estereoquímica e conformações desses compostos foram feitas combinando os dados de RHN-H e -C. Quatro lignanas tetraidrofurânicas naturais - duas das quais foram obtidas por síntese a partir do 3,4-dimetoxibenzeno - tiveram seus carbonos assinalados tendo em vista utilizar RMN-C na análise conformacional desses sistemas, baseada em um estudo prévio de RMN-H. Os deslocamentos químicos dos carbonos benzílicos, devido à sua sensibilidade à orientação dos grupos arila, permitiram a proposíção das conformações mais populosas em solução dessas substâncias. A podofilotoxina foi transformada em diversos compostos que foram estudados por RMN-C. Os carbonos desses compostos foram assinalados pela análise de seus deslocamentos químicos, acoplamentos: à longa distância e irradiações específicas, utilizando- se informações de RMN-H. Os dados de RHN-H e a comparação dos deslocamentos químicos de certos carbonos, ante as mudanças ocorridas no carbono 4 da podofilotoxina, permitiram assinalar os carbonos deste composto e fazer considerações sobre as conformações preferidas em solução de seus derivados de estrutura flexível como a picropodofilina.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.