Affordable Access

Pathogenicity and histopathological observations of commercial broiler chicks experimentally infected with isolates of Eimeria tenella, E. acervulina and E. maxima

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Eimeria
  • Broilers
  • Coccidiosis
  • Pathogenicity.

Abstract

A coccidiose aviária é uma das principais causas de perdas econômicas na avicultura de corte. Considerando isto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a patogenicidade de cepas de Eimeria tenella, E. acervulina e E. maxima em aves de corte de uso comercial. Para tanto, 39 pintinhos tipo corte com um dia de idade, não vacinados para coccidiose, foram utilizados neste experimento. No 14° dia do experimento, os grupos foram infectadas com 2 x 104 oocistos esporulados de E. tenella (G1, n=10), E. acervulina (G2, n=10) e E. maxima (G3, n=10). Um grupo com nove aves (G4) serviu como grupo controle não infectado. Todos os animais foram eutanasiados com 21 dias de idade (7 dias pós-infecção). O período pré-patente (PPP) nos grupos G1 e G3 foi de sete dias, quando excretaram 52.000 e 8.000 oocistos/ g de fezes, respectivamente; no entanto, o grupo infectado com E. acervulina (G2) apresentou um PPP de 5 dias. Não foram verificadas diferenças estatísticas quanto ao ganho de peso vivo (G1=182.7±63.4; G2=145.2±51.0; G3=183.3±56.8; e G4=211.5±89.0, p>0.10). Os escores de lesão foram determinados para cada grupo G1(1.3±0.48, escores 1(n=7) e 2(n=3)), G2 (0.4±0.52, escores 0(n=6), 1(n=4)), e G3 (1.1±0.99, escores 0(n=4), 1(n=1) e 2(n=5)). Considerando todos os grupos infectados (G1, G2 e G4) nenhum mostrou escore maior que 2. As lesões histopatológicas induzidas por estas cepas foram compatíveis com aquelas descritas por infecção por Eimeria spp.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.