Affordable Access

A clínica como poiética

Authors
Publisher
Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Publication Date
Keywords
  • Psicologia
  • Gestalt-Terapia
  • Merleau-Ponty
  • Instituição
  • Psicologia Clínica
  • Corpo

Abstract

Um dos temas fundamentais na clínica diz respeito à produção de sentido. Quando Merleau-Ponty enfatiza a noção de carne, propõe uma espécie de passividade do eu ao campo, a um ser bruto que comporta eu e outro, cultura, historicidade, temporalidade. Afirma a necessidade de passar da erlebnisse (vivência) à stiftung (instituição), colocando acento num tipo de produção de sentido que é gênese espontânea, diferenciação, criação a partir da diferença. Neste trabalho discutimos a clínica da Gestalt-terapia em diálogo com essas propostas e as questões contemporâneas, para propor a clínica como lugar de criação, que visa permitir o nascimento espontâneo do sentido como fala falante e desviante; a gênese do sentido como instituição que nos garante o pertencimento com o outro a um mesmo mundo. É nesse sentido que podemos pensar em uma ética da criação na diferença – uma clínica como poiética.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.

Statistics

Seen <100 times
0 Comments

More articles like this

Bioética clínica: como praticá-la?

on Revista do Colégio Brasileiro... Jan 01, 2010

Comorbidity in a clinical sample of substance abus...

on The American journal of drug a... February 2001

Clinical aspects and comorbidities of psoriasis.

on The Journal of rheumatology. S... August 2009
More articles like this..