Affordable Access

Leishmania spp. parasite isolation through inoculation of patient biopsy macerates in interferon gamma knockout mice

Authors
Journal
Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
0036-4665
Publisher
SciELO
Publication Date
Keywords
  • Leishmania (Viannia) Subgenus
  • Leishmania Isolation
  • Interferon Gamma Deficient Mice
  • Leishmaniasis
  • Leishmania Identification
  • Experimental Leishmaniasis

Abstract

O isolamento e a identificação da espécie de parasito do gênero Leishmania são importantes para a confirmação e auxiliam na epidemiologia da leishmaniose. Os camundongos são freqüentemente utilizados para isolar patógenos, porém, as linhagens mais comuns de camundongos são resistentes à infecção por parasitos do subgênero Leishmania (Viannia). Neste estudo, avaliamos a inoculação de macerados de biópsias de pacientes infectados em camundongos deficientes do gene do interferon gama (IFNγ KO) como um método para aumentar a possibilidade de isolar Leishmania spp. Biópsias de 25 pacientes infectados com Leishmania sp. foram avaliadas para a presença de parasitos pelos métodos de imunohistoquímica (IHC) e histopatologia convencional. Os parasitos foram observados, respectivamente, em 88% e 83% das biópsias. Leishmania sp. foi isolada de macerados de biópsia de 52% dos pacientes infectados, quando cultivados em meio Grace, porém, 13% destes isolados foram perdidos devido a contaminações. Inoculação dos macerados em camundongos IFNγ KO proporcionou o isolamento de parasitos oriundos de 31,8% dos pacientes. A maioria dos isolados pertence ao subgênero L. (Viannia), exceto um que pertence ao subgênero L. (Leishmania), como confirmado pela reação da polimerase em cadeia. Nossos resultados preliminares sugerem que o uso de camundongos IFNγ KO pode ser útil para aumentar a possibilidade de isolamento de leishmânias encontradas nas Américas.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.