Affordable Access

MUNICIPAL ECONOMIC GROWTH IN BRAZIL, 1970-2000: A QUANTILE REGRESSION APPROACH

Authors
Publisher
UFPB
Publication Date

Abstract

O objetivo deste artigo é testar se os resultados obtidos por Andrade et al. (2003) para as regressões quantílicas (um coeficiente negativo para a renda per capita para todos os quantis) não eram condicionados pela omissão de variáveis, uma vez que eles só incluíram a renda inicial e dummies regionais como variáveis de controle. O estudo mostra que embora os resultados de Andrade et al. (2003) não estejam condicionados pelas variáveis omitidas, as variáveis explicativas incorporadas no modelo empírico são importantes para explicar o crescimento econômico brasileiro entre 1991-2000 em nível municipal, implicando a existência de diferentes níveis de estado estacionário. Finalmente, as dinâmicas de alguns municípios do Norte e do Nordeste são diferentes do resto do Brasil, mesmo quando eles têm fundamentos similares, o que pode ser uma evidência em favor da hipótese de clubes de convergência, encontrada em Laurini (2007).

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.