Affordable Access

Avaliação da microinfiltração marginal e da dureza de restaurações classe II de resina composta, utilizando dois sistemas de polimerização e duas tecnicas restauradoras

Authors
Publisher
Biblioteca Digital da Unicamp
Publication Date
Keywords
  • Infiltração
  • Resinas Dentarias

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar a microinfiltração marginal e a dureza de restaurações classe II de resina composta, usando duas técnicas restauradoras e dois sistemas de polimerização. Foram preparadas 120 cavidades simulando classe II em dentes bovinos, que foram divididas em 4 grupos: DEME 1 - único incremento + polimerização convencional (Optilux 500/DEMETROM); DEME 3 - incrementos vestíbulo-linguais + polimerização convencional; SOFT 1 - único incremento + polimerização soft-start (Degulux Soft-Start/DEGUSSA); SOFT 3- incrementos - vestíbulo-linguais +polimerização soft-start. Todas as cavidades foram restauradas com o sistema Single Bondl ZlOO (3M). Após a termociclagem (1000 ciclos a 5 e 55 °c), os dentes foram imersos em solução de azul de metileno a 2%, por 4 horas, e a microinfiltração foi avaliada. Metade das amostras foi incluída em resina de poliestireno, polida e a microdureza Knoop foi mensurada. Quanto à microinfiltração, o Teste Exato de Fisher mostrou diferença estatisticamente significante entre os grupos (p<0,05). Não foi encontrada diferença estatisticamente significante (ANOV A) na dureza entre todos os grupos, em qualquer profundidade. A técnica incremental exibiu menor infiltração marginal, independente do sistema de polimerização utilizado. O sistema soft-start promoveu polimerização semelhante ao convencional, mas não melhorou o selamento marginal

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.