Affordable Access

Magnitudes de impactos das cortadas e bloqueios associados com lesões em atletas de voleibol

Authors
Publisher
Tulio Guterman
Publication Date

Abstract

Este estudo do tipo descritivo teve como objetivo analisar as características de impacto nos membros inferiores (magnitudes e número de repetições por treino), em atletas de voleibol realizando cortadas e bloqueios, associando-as com lesões (local e número) sofridas pelos mesmos. Participaram do estudo 14 atletas que foram questionados sobre lesões, filmados em sessões de treino e medidos via acelerometria ao realizarem cortadas e bloqueios. Os resultados demonstram que o acometimento maior de lesões é no membro inferior; que os bloqueios e as cortadas são os maiores causadores dessas lesões; cada atleta realiza em média 22±12 cortadas e 26±12 bloqueios por sessão de treino com intervalo entre cada impacto 1:19±2:25 minutos e, as maiores magnitudes de impactos é na cortada no eixo antero-posterior (87,88±49,82 g); não se encontrou associação entre número e magnitude de impactos com local de lesão. Os resultados permitem concluir que muito embora os atletas realizem um menor número de impacto que equipes de alto nível, o elevado número de lesões, aponta para iniciativas aprimoradas em termos de melhoria do treinamento físico e técnico da equipe.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.